Buscar

Faça uma gestão de pessoas de forma eficaz e que traga resultados para sua empresa.

Atualizado: 19 de abr.



Desde o início da pandemia uma grande taxa de americanos passou a deixar seus empregos para buscar um salário maior, mais qualidade de vida ou um ambiente mais saudável e, no Brasil este fenômeno está crescendo.


Segundo um estudo da Você S/A, em todos os meses, quase 500 mil trabalhadores pedem demissão sem levar nenhuma vantagem ao sair de seus empregos, representando uma rotatividade de 15% nas vagas com carteira assinada.


A pandemia mostrou para os colaboradores que não precisam mais aceitar ambientes com assédios, tóxicos, ou falta de flexibilidade, na possibilidade de serem o dono da sua própria carreira, sem terceirizar seus serviços.


Para uma empresa ter sucesso e colher bons resultados é imprescindível ter colaboradores bons em suas áreas e dispostos a colaborar com o crescimento de todos envolvidos. Para falar sobre gestão de pessoas, pedimos aos gestores da Plataforma DW responderem:


O que é ser gestor para você?


"Gestor é um líder que desenvolve na sua gestão linguagens individuais para evoluir cada membro da equipe para o objetivo coletivo.

Entender de todos os processos e olhar à frente não só os resultados, mas quanto a evolução de cada colaborador da equipe.

Ser gestor é entender que cada membro da equipe, antes de ser um profissional, é uma pessoa em evolução constante.

Ser gestor é entender e separar os erros e dificuldades pessoais e profissionais das etapas que englobam um todo.

Ser gestor é respeitar e dar a liberdade para o profissional de fato exercer sua função."


Evandro Bachmann- Gerente de Vendas


 

"Ser gestora pra mim é inspirar pessoas. A gestão nos traz a possibilidade de impactar diretamente a vida de todos à nossa volta.

Ser gestor é ter a capacidade de compreender a dimensão desta responsabilidade e estar em constante desenvolvimento, aprimorando suas competências para que consiga tirar o melhor de cada pessoa e de cada situação.

É compreender que cada pessoa é ímpar e se desenvolve e contribui para o crescimento da empresa a sua maneira.

E é isso que me motiva mais, esse desafio de lapidar e extrair o melhor de cada pessoa, todo seu talento e criatividade sem que ela perca sua essência.

Concluindo, ser gestora é liderar com inteligência e estratégia, inspirando a equipe a entregar o seu melhor dentro das diretrizes da empresa, superando metas, e contribuir para o crescimento da empresa e de todos que fazem parte dela."


Francieli Fiori - Gerente de Projetos

 

"Ser gestor é muito mais sobre servir do que fazer.

É sobre escolher, treinar e evoluir quem está ao seu lado;

É sobre estar presente, colaborando, ajudando, instruindo e direcionando sua equipe;

É sobre tomar decisões difíceis, mesmo que não sejam as mais agradáveis;

É sobre colocar o seu bem estar de lado e pensar no bem da equipe;

É sobre em quem a equipe pode confiar, e em quem o gestor da confiança;

Ser gestor é atuar na parte tática da empresa e para que as ideias, processos e loucuras funcionem, uma boa equipe é fundamental e eu tenho a melhor equipe do mundo."


Willian Heitor- Gerente de Produto

 

Se observarmos os gestores da nossa empresa, podemos notar um detalhe particular em todos eles: sempre foram gestores de si, sabem onde a contribuição deles é mais eficaz e como suas equipes podem crescer no coletivo e no particular.


Ter uma visão mais abrangente do negócio e identificar melhores oportunidades e desafios de mercado, sem dizer que existem várias formas de pensar e agir. E para que o trabalho flua sem problemas, é fundamental promover um ambiente colaborativo em que todos possam se expressar e contribuir para melhores resultados.


Fica claro que a retenção de talentos se resume a ter bons líderes nas empresas. A falta de autocontrole de um líder pode levar a um clima organizacional azedo, reduzindo o engajamento e resultando em menor produtividade, além da incapacidade de gerar novos investimentos. Desligamentos de líderes e colaboradores podem resultar de uma falha no reconhecimento da inteligência emocional.


Se essa capacidade fosse usada em todo o seu potencial, o número de pessoas que precisam procurar trabalho regularmente seria reduzido significativamente. Decisões unilaterais, autoritárias que têm significado apenas para quem as toma, mesmo quando os líderes acreditam que estão agindo no melhor interesse de todos - pelo menos aos seus olhos são prejudiciais, trabalhar no modelo automático não funciona mais como era no passado, é preciso se adaptar às mudanças de cenário.


Algumas atitudes são importantes para que se tenha um trabalho em equipe satisfatório. Em primeiro lugar, tratamos da comunicação. É importante dar feedbacks instantâneos, manter as expectativas claras e alinhadas, ajudar todo mundo a ganhar e trabalhar para construir confiança mútua. Com uma equipe motivada e com uma comunicação clara, é possível resolver melhor conflitos e ter proatividade para buscar novas soluções.


Além disso, lembre-se de que o tempo é valioso, limitado e deve ser respeitado. Uma das melhores maneiras de economizar dinheiro e colocá-lo em bom uso é se organizar e se comunicar. Faça uma agenda para si mesmo e incentive seus colegas de trabalho a fazer o mesmo. Como resultado, todos nós temos horários pré-determinados e marcados. Como resultado, o trabalho será ainda mais produtivo, com menos desperdícios e pausas desnecessárias.




41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo